EZLN convida para o Festival Mundial das Resistências e das Rebeldias contra o Capitalismo

15035882574_e01c8bc866_z

“Viemos para compartilhar nossos sentimentos e dores que nos tem feito este sistema neoliberal. Mas não só. Também é certo que viemos a compartilhar os valiosos conhecimentos, experiências de luta, de organização. Empecilhos e desafios frente aos capitalistas invasores e neoliberais que tanto dano nos tem causado”

EZLN, agosto de 2014.

Às irmãs e irmãos da Sexta nacional e internacional:

Reunidos nossos povos na Partilha de Povos Zapatistas e no Congresso Nacional Indígena “David Ruíz García”, nós discutimos nossas dores, nossas palavras e experiências de luta, rebeldia e resistência.

Juntos sabemos que em nossas rebeldias estão nossos “Não” às políticas de destruição que faz o capitalismo em todo o mundo. E conhecemos que em nossas resistências estão as sementes do mundo que queremos.

Estas rebeldias e resistências não são só dos povos originários do México. Andam também nos passos dos povos originários de todo o continente e em todos os rincões do planeta onde individu@s, grupos, coletivos e organizações não só dizem “NÃO” à destruição, senão que também vão reconstruindo algo novo.

Nesta partilha que sabemos que tem sido possível em grande medida graças ao apoio de irmãos e irmãs da Sexta nacional e internacional, confirmamos que nossa mãe terra, doadora de toda a vida no planeta, está em perigo e com ele a humanidade inteira; vemos que é o capitalismo neoliberal o que provoca tanta dor, tanta destruição e tanta morte, que é o que nos despoja, explora, deprecia e reprime.

Na defesa da mãe terra, na luta pela humanidade e contra o neoliberalismo, não há luta pequena.

Irmãos e irmãs da Sexta nacional e internacional, porque sabemos que este capitalismo selvagem e de morte não é invencível, como já nos ensinam, além da experiência zapatista, as rebeldias e resistências que florescem em todo o planeta, e que suas dores são nossas dores, e que suas lutas são nossas lutas, e que seus sonhos são nossos sonhos, queremos compartilhar com vocês as palavras, as experiências, os caminhos e a decisão conjunta de que é possível um mundo onde caibam muitos mundos. Vamos concretizando os passos para realizar este sonho, é necessários compartilhar, saber o que pensamos, escutarmo-nos para saber como são nossas lutas, para conhecer nossas rebeldias e reaprender de nossas resistências.

Os povos, tribos e nações acordamos nesta assembleia realizar junto com vocês o “Primeiro Festival Mundial das Resistências e das Rebeldias contra o Capitalismo” com o tema de “ONDE OS DE CIMA DESTROEM, NÓS DE ABAIXO RECONSTRUÍMOS”.

Esta gigantesca partilha mundial será levada a cabo entre os dias 22 de dezembro de 2014 e 3 de janeiro de 2015 nas seguintes sedes:

• Inauguração na comunidade Ñatho de San Francisco Xochicuautla, Lerma, Estado de México, no domingo 21 de dezembro de 2014.

• Partilhas nas comunidades de San Francisco Xochicuautla e em Amilzingo, Morelos nos dias 22 e 23 de dezembro de 2014.

• Grande Festival Cultural no Distrito Federal nos dias 24, 25 e 26 de dezembro de 2014.

• Continuação da partilha nas comunidades Binnizá de Juchitán, Oaxaca, e na península de Yucatán, nos dias 28 e 29 de dezembro de 2014.

• Festa da rebeldia e da resistência anticapitalista no Caracol de Oventic nos dias 31 de dezembro de 2014 e primeiro de janeiro de 2015.

• Conclusões e encerramento, pronunciamentos e declarações, no CIDECI, San Cristóbal de las Casas, Chiapas, nos dias 2 e 3 de janeiro de 2015.

Nossa partilha neste “Primeiro Festival Mundial das Resistências e das Rebeldias contra o Capitalismo” será entre os povos zapatistas, os povos, tribos, nações e bairros do Congresso Nacional Indígena, os povos originários do continente, e povos, coletivos e indivíduos aderentes à Sexta nacional e internacional em todo o mundo.

Nos próximos dias lhes daremos a conhecer mais detalhes desta convocatória.

Nossos povos que somos do milho a compartilhar com vocês seremos como o milharal que floresce, para fortalecermo-nos em nossas resistências e cuidar a nossa mãe terra neste novo caminhar que queremos compartir.

Desde a Realidade Zapatista, Agosto de 2014.

Pela reconstituição integral de nossos povos.

Nunca mais um México sem nós.

CONGRESSO NACIONAL INDÍGENA.

EXÉRCITO ZAPATISTA DE LIBERAÇÃO NACIONAL.

Mais os indivíduos, grupos, organizações da Sexta em todo o mundo que se somem nesta convocatória.

 + INFO

Esta entrada foi publicada em Uncategorized. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.