Não vote!, atividade da Frente Livre Estudantil (FLE)

10641004_463391650467358_406644734549106539_n No dia 25 de Setembro aconteceu a primeira edição do ato artístico “Não Vote, Faça Arte!”. Nós produzimos cartazes, nos divertimos bastante, panfletamos e conversamos com as pessoas que passavam sobre a importância do boicote às eleições, e tivemos grande aceitação, principalmente quando as pessoas descobriam que a nossa campanha era pelo boicote e não pela manutenção desse sistema eleitoral falho.
Vimos também o desespero dos partidários, que a todo momento tentavam nos atrapalhar, colocando placas na nossa frente, falando que deveríamos sair de lá, que deveríamos respeitar a ideologia deles, mas, mais uma vez, a resistência foi a nossa arte. Após isso tudo, já no final, um militante partidário tentou menosprezar a nossa luta, falando que a juventude dele vai para a rua, e nós eramos apenas “modinha”. Ao perguntarmos para ele sobre o porquê da repressão aos atos que, segundo ele, eram “modinha”, nos respondeu dizendo que a repressão era necessária, pois assim a violência não seria praticada, pois não respeitamos as determinações do Batalhão de Choque, que somos terroristas, entre outras barbaridades. Ao questionarmos sobre as ações da presidente Dilma na ditadura, onde a mesma chegou até a assaltar bancos e sequestrar pessoas em busca de seu ideal, percebemos o total despreparo dele quando a sua resposta foi “AQUELES ERAM OUTROS TEMPOS, HOJE VOCÊS TEM PRÁTICAS TERRORISTAS!”
Fora estes momentos cômicos, a nossa intervenção ocorreu perfeitamente, e já deixamos tudo pronto para que na quinta que vem possamos repetir a dose. Dia 02/10, às 14h, dê um pulo no Largo da Carioca, e não se esqueça… Não vote, faça arte, LUTE!

Texto: Frente Livre Estudantil (FLE)

Esta entrada foi publicada em Uncategorized. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Uma resposta a Não vote!, atividade da Frente Livre Estudantil (FLE)

  1. Frente Livre disse:

    “A voz ativa da convicção alternativa é a nossa solução!”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.