Nota de repúdio ao assassinato do zapatista Galeano

Nota de repúdio ao assassinato do zapatista Galeano!

http://enlacezapatista.ezln.org.mx/2014/05/09/el-dolor-y-la-rabia/

Mais um indígena morto, mais um lutador assassinado. Foi no Caracol La Realidad que Galeano, indígena zapatista, sofreu uma emboscada por paramilitares ligados ao Estado mexicano. Galeano estava só, quando foi cercado pelos 20 paramilitares, sofrendo diversas agressões antes de ser morto. Seu corpo foi encontrado pelos seus companheiros com diversas marcas de tiro.

Galeano foi morto por lutar pela autonomia dos zapatistas e dos povos indígenas. Galeano foi morto por lutar pelo fim do capitalismo. As lágrimas de dor e raiva dos zapatistas são de todxs xs lutadorxs hoje. São as lágrimas dos Kaiowá, dos Tupinambás e de tantos outros povos que sofrem com o extermínio feito pelo Estado. ¨Essas lágrimas não são de tristeza, mas de rebeldia.”

Que o Exército Zapatista de Libertação Nacional (EZLN) possa investigar e tomar todas as medidas necessárias para encontrar os assassinos de Galeano! Não é por vingança, é por justiça!

Toda solidariedade ao Exército Zapatista de Libertação Nacional (EZLN)!

10 de maio de 2014,
Organização Anarquista Terra e Liberdade (OATL)

Esta entrada foi publicada em Notas, Uncategorized. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.