Professora é agredida por diretora do SEPE

Reproduzimos abaixo a carta escrita pela professora e militante da base Ana Paula, companheira que esteve desde o primeiro dia de greve em todos os espaços de luta, em mesas de negociação, compondo o comando de greve, atuando nas regionais, em todos os atos, construindo uma luta boicotada por setores do sindicato. Ana foi agredida fisicamente na última reunião de direção do sindicato pela diretora Vera do Egito. Infelizmente, mais uma vez esta direção silencia os casos de agressão que lhe interessam. Ela se apressou a lançar uma nota no site do SEPE culpabilizando os trabalhadores que foram ao sindicato cobrar soluções em relação a trágica situação em que se encontram e em nenhum momento citou que toda a confusão se iniciou com a agressão de uma diretora sobre uma professora da base desta categoria. Repete-se o que já vimos outras vezes, como no conselho deliberativo ilegítimo que antecipou a última assembleia, quando um caso grave de racismo foi encoberto e silenciado pela mesma.
Compartilhamos abaixo a denúncia.

1907370_10204769646585492_7827455604341705873_n

Esta entrada foi publicada em Uncategorized. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.